Biblioteca

Como falar de dinheiro com jovens e adolescentes

Anos atrás falar de dinheiro em casa era um assunto considerado 'impróprio para menores'. Talvez por isso muitas pessoas cresceram sem ter a menor noção da situação financeira da família, pois discussões sobre dinheiro, economia doméstica, investimentos, ... , eram tratadas em sigilo e restritas aos chefes da família, afinal, os adultos sempre souberam de tudo...

O curioso e ao mesmo tempo contraditório desta história é que os adultos também cometem erros, principalmente quando o assunto é dinheiro.

A boa notícia é que os tempos mudaram e que não há mais espaço para isso. Subestimar a capacidade de aprendizagem e desconsiderar o amadurecimento precoce dos jovens da Era da Informação é um grande erro. É importante fazer dos filhos aliados da Gestão Financeira Familiar. Além disso, debater abertamente assuntos do seu interesse, conhecer suas prioridades e ajudá-los a planejar o futuro é fundamental, afinal:

Educação Financeira é comprovadamente um poderoso instrumento de melhoria da qualidade de vida.

Uma forma simples de falar de dinheiro com os jovens é usando exemplos práticos do dia-a-dia da família, que demonstrem a importância de poupar e de dar valor àquilo que já possuem.

Por exemplo:

  • Adotar a prática da mesada, definindo valores conforme a realidade financeira do lar
  • Orientar para que sejam seletivos nos seus gastos
  • Fazer com que participem das decisões financeiras mais importantes
  • Demonstrar a importância de se evitar desperdícios
  • Debater sobre práticas de gestão do orçamento doméstico e, principalmente,
  • Incentivá-los a tomar decisões.

Deste modo você verá que os resultados serão muito mais efetivos do que simplesmente "cortar" o celular ou proibi-los de sair toda vez que o limite do cartão 'estourar'.

Até a próxima!

» Leia Agora: Plano B - quando as coisas não saem conforme o planejado

Nossos Produtos e Serviços