Novidades

Investidor Conservador, Moderado ou Arrojado? Por Que Ser um Investidor “Conservador” Pode Ser Bastante “Arrojado” e Como Realmente Entender Qual Tipo de Investidor Você é! por Ramiro Gomes Ferreira

Texto de Ramiro Gomes Ferreira, site Clube do Valor.

Você se considera um investidor conservador, moderado ou arrojado?

Provavelmente, você tenha pensado em “conservador”, não é? Isso é o que a maioria das pessoas julga ser, de fato.

Afinal, instintivamente é normal do ser humano não gostar de perder dinheiro investindo.

Até aí, tudo bem.

Entretanto, a forma usual com a qual decidimos nos considerar investidores “conservadores”, “moderados” ou “agressivos” está bastante errada.

E grande parte desse erro é motivado pela forma pela qual tendemos a enxergar o papel do risco nos investimentos.

Eu tenho certeza que a partir do momento em que você entender o verdadeiro papel do risco nos investimentos, provavelmente você mudará a sua definição de investidor.

Nesse novo artigo do Clube do Valor, você entenderá por que o fato de você se considerar ser um investidor conservador ou moderado pode ser, na realidade, uma postura muito arrojada.

Parece interessante?

Então, continue lendo!

Investidor Conservador, Moderado ou Arrojado? Por Que Ser um Investidor “Conservador” Pode Ser Bastante “Arrojado” e Como Realmente Entender Qual Tipo de Investidor Você é!

Agradecimento

A G9 agradece a Ramiro Gomes Ferreira, do site Clube do Valor pelo envio do conteúdo.