Novidades

Imóveis: o alto custo da especulação imobiliária

Nos últimos anos muito se falou sobre a existência ou não de uma bolha imobiliária.

Tratamos deste assunto neste site em 2010, auge do boom pós-crise financeira global de 2008. De lá para cá muita coisa mudou e mais uma vez estamos diante de uma crise, desta vez interna e de proporções 'nunca antes vistas na história desse país'.

Como sempre um dos setores mais afetados pela recessão econômica é a indústria, sendo que na Construção Civil o impacto foi ainda maior.

Diante disso, ao contrário do que era dito como líquido e certo por muitos "especialistas", o preço dos imóveis no Brasil vem caindo, e tudo indica que assim continuará por um bom tempo. 

Resultado:

Milhares de imóveis sobrando e outros tantos em vias de devolução, senão 'amigável' pela via judicial.

A situação é crítica e não pode ser vista ou tratada como uma 'marolinha', já que as expectativas mais otimistas de retomada do crescimento apontam para 2018 ou 2019. Ou seja: até lá o estoque de imóveis novos ou recém construídos só tende a aumentar, sem contar as milhões de unidades usadas já à venda em todas as partes do país. 

Conheça o nosso ponto de vista sobre este panorama do mercado imobiliário e participe do nosso fórum de discussão.

Clique no link para ler o artigo na íntegra:

http://www.g9investimentos.com.br/biblioteca/ler/284/imoveis-o-alto-custo-da-especulacao-imobiliaria

Equipe G9