Biblioteca

Trabalho e Carreira: você sabe dizer não?

João era o que se chama de workaholic. Todo e qualquer assunto da empresa, lá estava ele se prontificando a resolver, mesmo que fosse depois do horário ou em finais de semana e feriados. Nunca dizia NÃO para o trabalho. Motivo de orgulho e admiração para os seus familiares, na empresa onde trabalhava sua postura nem sempre era vista com bons olhos, já que alguns colegas disconcordavam da sua atitude 'excessivamente' prestativa.

Ocorre que devido a crise de 2008 a empresa precisou fazer alguns cortes. Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, o funcionário exemplar foi incluído logo na primeira lista de demissões. Da noite para o dia João ficou sem seu emprego.

Uma série de questionamentos passaram a rondar sua mente em busca de respostas difíceis de encontrar:

  • como pude ser demitido depois de tantos anos de dedicação?
  • o que eu teria feito de errado para ter sido desligado logo de início?
  • por que meus colegas não intercederam por mim?
  • o que será de mim e da minha família daqui para frente?

Assim que “caiu a ficha”, João percebeu que nada adiantaria ficar remoendo as possíveis causas da sua demissão, e que o melhor a fazer era enfrentar a situação. Certamente sua longa experiência e conduta exemplar serviriam de base para novos negócios e oportunidades, ainda mais podendo contar com o dinheiro da rescisão.

Mas será que em momentos críticos é recomendável empreender?

Nem sempre. As estatísticas revelam que empreender sob pressão diminui as chances de sucesso. Há pessoas que precisam de uma causa ou evento marcante para agir. Algumas são capazes de transformar a revolta momentânea na coragem necessária para superar problemas; outras precisam de mais tempo para reorganizar as ideias antes de continuar.

O exemplo de João é muito comum. Diariamente milhares de profissionais dedicados e que sempre abriram mão da vida pessoal pelo trabalho são demitidos, muitos, sem nenhuma causa aparente. Por outro lado, também é preciso ver o lado do empregador que muitas vezes precisa tomar decisões que nem sempre agradam a todos. Certa ou errada essa é a regra do jogo.

E você, sabe dizer não?

Nossa missão é contribuir para o sucesso financeiro e pessoal dos nossos clientes.

G9 Negócios – Uma empresa do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados