Biblioteca

Chega de mandar currículos. É hora de empreender!

Olá!

Hoje gostaria de abordar um tema que está afetando milhões de pessoas em nosso país: o desemprego.

Acredito que não exista nada pior na vida profissional do que querer trabalhar e não conseguir. A rotina se resume a passar horas mandando currículos na expectativa de o telefone tocar. Nada mais agonizante do que passar dias, semanas ou até meses esperando por uma recolocação que nunca chega. Pior ainda é ir até as etapas finais de vários processos seletivos desgastantes e não ser chamado. A sensação de "morrer na praia" só faz a ansiedade aumentar e, então, a frustração se confunde com o sentimento de rejeição. As contas começam a atrasar e o desespero de não saber o que fazer para sustentar a família se transforma no seu pior inimigo. É neste ponto que muitos começam a se perguntar: por que comigo?

Infelizmente o problema não termina aí.

Outra face cruel do desemprego é o prejuízo do convívio social. Sem dinheiro e sem perspectivas concretas de encontrar um novo trabalho fica, no mínimo, 'complicado' continuar indo a festas, encontros e confraternizações. Com isso, até mesmo algumas pessoas mais próximas começam a se afastar (obs. os verdadeiros amigos nunca se afastam!). É tanta angústia que poucos conseguem manter a cabeça erguida. Até os mais otimistas têm um limite diante deste tipo de situação.

Boas notícias: chegou a hora do recomeço!

É natural que quem está desempregado pense em jogar anos de experiência para o alto e decida mudar os rumos da vida profissional. De fato, é hora de agir, afinal, ficar esperando uma solução milagrosa ou procurando "culpados" não irá resolver os problemas. E é justamente neste ponto que pode estar a solução.

Chegou a hora de parar de perder noites de sono em busca do "emprego dos sonhos" e de começar a desenhar uma nova e promissora etapa na carreira. Um verdadeiro recomeço onde A DETERMINAÇÃO, O CONHECIMENTO, A COMPETÊNCIA E O SABER FAZER serão os grandes diferenciais.

Você já parou para pensar que as suas experiências acumuladas podem ser úteis para muitas empresas?

Isso mesmo! Você vai se surpreender com a quantidade de empresas dispostas a ouvir o que você tem a dizer, pois o olhar de um profissional "de fora", competente, atualizado e idôneo sempre tem muito a contribuir numa gestão.

Prepare-se para ter muito trabalho

O ramo da consultoria é apaixonante. Nunca mais um dia será igual ao outro, pois sempre irá surgir um novo desafio.

Um bom começo é conversar com amigos, ex-colegas de trabalho e, até mesmo, com antigos empregadores para conhecer as suas necessidades. Além disso, é fundamental formar parcerias que agreguem valor aos serviços que você irá oferecer. 

Ao contrário do que acontece há anos nos países desenvolvidos, investir em consultoria ainda é algo ' novo' no Brasil e, portanto, há um mercado gigantesco onde faltam profissionais.

Acredite: atuar como consultor independente na área que domina fará de você um profissional realizado e muito bem sucedido em pouco tempo.

Adeus processos seletivos!

Lembra daquela vaga tão disputada que oferecia um "salário bruto de mercado" e que tomaria, no mínimo, 220 horas do seu mês para trabalhar ao lado de um chefe chato e autoritário que ficaria o tempo todo no seu pé?

Pois é, ela nem sequer equivale a um minicontrato mensal com participação nos resultados e você ainda terá muito mais tempo para curtir a família. Duvida? Então, experimente começar.

Sucesso!

» Leia Agora: Coaching Financeiro: o que significa riqueza para você?

Nossos Produtos e Serviços