Biblioteca

Boas ideias valem dinheiro!

Definitivamente não é preciso ter dinheiro algum para fazer um bom negócio. Sempre que alguém me pergunta se é possível empreender sem ter dinheiro, a resposta é a mesma:

Sim! Basta ter uma boa idéia e saber COMO e PARA QUEM oferecê-la.

Isso mesmo. Fácil assim.

Minha experiência como consultor mostrou que homens e mulheres agem de maneiras complemente diferentes na hora de empreender e/ou investir. Em comum, apenas uma coisa: o medo de perder dinheiro.

Ocorre que a maioria das pessoas tem medo de correr riscos, ainda mais quando há dinheiro envolvido. Na realidade, muito mais do que o prejuízo financeiro, elas temem ter que enfrentar o "espelho". Até aí nenhuma surpresa, considerando que a sociedade nos cobra perfeição e sucesso 24 horas por dia, ou você já viu histórias de fracasso no facebook?

Isso nos pede uma reflexão:

O que teria sido das maiores empresas do mundo caso seus fundadores tivessem tido medo de arriscar? De investir? De falhar? Ou quem sabe, medo de perder dinheiro?

Certo é que, no mundo dos negócios, MEDO e SUCESSO raramente andam lado a lado.

Como já dissemos em outras ocasiões, pensar que correr riscos é uma exclusividade de quem investe ou deseja empreender é um grande engano. Correr riscos faz parte da nossa vida. Sendo assim, aqui vai uma dica:

O primeiro passo para o sucesso é não ter medo dele, pois para vencer é preciso ousar.

Isso não significa que não é preciso agir com responsabilidade e bom senso, muito pelo contrário, afinal, disciplina, capacitação e planejamento aumentam sensivelmente as chances de sucesso de qualquer negócio. Para satisfazer os mais supersticiosos, vamos admitir que um pouquinho de 'sorte' também não faz mal a ninguém, porém, sem esquecer que:

Tão importante quanto querer é FAZER.

Uma das formas mais fáceis de “fazer dinheiro” é atuando no mercado imobiliário. Ao contrário do que muitos imaginam é possível faturar alto neste mercado sem ter nenhum centavo. Como em qualquer profissão, o sucesso neste ramo é uma questão de habilidade e do dom de fazer aquilo que os outros também fazem, porém, de uma forma especial. A capacidade de identificar oportunidades realmente lucrativas dificilmente se aprende em cursinhos genéricos. É preciso ir além, ou seja, estar no lugar certo, na hora certa e com as pessoas certas.

A falta momentânea de dinheiro não é motivo para não levarmos nossos sonhos adiante.

De fato, sempre que uma idéia realmente boa é apresentada de forma adequada e para as pessoas certas há grandes chances dela 'sair do papel'. Todos os dias projetos excelentes deixam de acontecer simplesmente pela 'deficiência da embalagem'. Em outras palavras: um Plano de Negócios bem elaborado, tecnicamente desenvolvido e capaz de demonstrar a viabilidade econômica de um produto/serviço faz toda a diferença.

E quando não houver recursos para tocar o projeto sozinho, lembre-se:

Mais vale ser dono de uma parte de um negócio real e lucrativo do que do todo de um sonho 'engavetado'.

» Leia Agora: A hora e a vez do interior do Brasil

Nossos Produtos e Serviços